sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Quanto mais vejo o mercado actualmente, mais feliz estou por não participar nele.
Estive a treinar com um amigo, que conheço há dezenas de anos, e estranhei a postura do mesmo. Recolhido, parado em cima do banco, a empatar-me a vida desportiva.

Passados uns trinta segundos, estando eu já muito farto de esperar, mandei-lhe um “Oh meu grande Lerdo, vais puxar ou desocupar?”. Acordou para a vida uns cinco minutos, para se perder logo de seguida. Estando o treino mais que arruinado, sugeri que falasse do que o perturbava.

Mulheres de Portugal, homens de Portugal, qual é a vossa dificuldade em decidir se querem ou não querem?

O meu amigo convidou uma mulher para fazer qualquer coisa. A mulher decidiu, só porque sim, que não responder, nem sim, nem não, era a solução para a coisa (não sei se é pelo suspense, se é pela falta de interesse, já que a doutrina dele divide-se). O meu amigo, meio confuso com a situação, verifica o telemóvel de quando em vez, ligando e desligando o aparelho, não vá o bicho (que custou mais que o ordenado mínimo) estar com algum defeito específico, daqueles que fazem com que se recebam todas as mensagens e chamadas, menos a que se quer.

Não percebo que se passa com o engate em Portugal. Estamos a ficar americanizados? Cinemas atrás de cinemas, com jantares atrás de jantares, sem um objectivo definido à priori? Mas que é isto?

Portanto, lanço a questão:

O que pretende uma mulher quando sai com um homem milhentas vezes? O que acha a mesma mulher que o homem pretende?


Cá em casa não temos como ajudar, mas queria tirar o meu amigo do seu sofrimento. 

10 palmadinhas no ombro:

Nada disse...

Carissimo...os tempos estão dificeis e isto de ir jantar fora e cinema sai caro...fazer render o peixe é um investimento para não ter que ir ao supermercado nem fazer downloads o mês inteiro

Manuel disse...

Nada, és uma romântica. Fosse eu solteiro e seria um terror.

Diário de uma Alma disse...

Oh Nada, fizeste rir-me :)

Pobre do coitado...

Amarga Doçura disse...

Pois acho que o mercado anda muito estranho....
Eu também fiz um convite....e até hoje estou á espera de resposta...
Sinceramente, acho que o respeito pelo próximo é que anda pela hora da morte...
E que nunca se esqueçam...O mundo é redondo...não façam aos outros o que não queres que te façam a ti...
Espero que o teu amigo, tenha um happy end...;)

Manuel disse...

Acho que já se desmarcou :D

Manuel disse...

Olha que alguns homens até gostam de ser convidados...

Amarga Doçura disse...

Não digo que não....mas este ainda não respondeu....
Depois não se queixe que tem azar com as mulheres...a trata-las assim...Já se ve! :)

Manuel disse...

Amarga Doçura, foi a minha mulher que deu o primeiro passo. Ela diz que não, mas foi.

Amarga Doçura disse...

É bom quando há primeiros passos...homem ou mulher...o que interessa é a sintonia! :)

Manuel disse...

Concordo.